Novas enquetes,



Clique e participe.
 
Quem Somos
Autores
     Informações Gerais    
 
Acontece

     Agenda de Eventos


     Enquetes

    
     Editorial

  
     Links

Procura no site
................................




Centro de Ciências e Tecnologias Agropecuárias    CCTA

Laboratório de Clínica e Cirurgia Animal   LCCA


Clique e saiba mais...

................................





    
 

  
 

                                         www.jbca.com.br

Editorial


Início dos lucros
 

Cláudio Baptista de Carvalho
 

<<Ler na íntegra em PDF>>

..........................................................................



Relato de caso
 

Tungíase em cão (Canis familiaris) – Relato de caso

Maria Angelica Dutra Viestel e Marcella Braga da Silva

A tungíase é uma doença parasitária de seres humanos e animais causada por pulgas pertencentes ao gênero Tunga. Esta enfermidade apresenta elevada prevalência em nosso país, porém é, muitas vezes, desconhecida dos veterinários dos grandes centros. O objetivo deste trabalho é alertar para uma doença frequentemente negligenciada por ser autolimitada, mas que serve como bom indicador das condições sócio econômicas de uma localidade. Avaliou-se um cão, macho, de cinco meses de idade, no Setor de Clínica Médica de Pequenos Animais do Hospital Veterinário da Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro. Ao exame físico foi possível identificar a localização de três elevações no coxim plantar do membro posterior direito, todas com 0,25cm de diâmetro. A tungíase foi diagnosticada após a remoção cirúrgica e o exame laboratorial da lesão, e o animal foi tratado diariamente com Fipronil spray, durante sete dias, com completa recuperação. Há necessidade de investimentos educacionais e melhorias das condições sanitárias nos locais onde a doença está presente.

<<Ler na íntegra em PDF>>


..........................................................................


Relato de Caso

Infecção por Morganella morganii como causa de abscesso subcutâneo em Boa constrictor em conservação ex situ

Paulo Roberto Bahiano Ferreira, Alberto Vinícius Dantas Oliveira, Sônia da Silva Laborda, Lúcio José da Silva Freire Jr, Laís Diniz Teixeira de Queiroz, Antônio Vicente Magnavita Anunciação


As jibóias B. constrictor são serpentes constritoras e de ampla distribuição no território brasileiro. As doenças infecciosas são relatadas como principais causas de morbidade e mortalidade em serpentes, destacando-se as doenças bacterianas causadas por bacilos Gram negativos, tais como a Morganella morganii. O presente trabalho tem por objetivo descrever o quadro clínico, o diagnóstico e o tratamento da infecção por M. morganii  em uma jibóia em conservação ex situ no Parque Zoobotânico Getúlio Vargas, Salvador – Bahia (PZGV-BA). Foram realizados os exames físico e complementares, citologia e exame radiográfico. Após suspeita clínica de um abscesso subcutâneo, foram removidos cirurgicamente diversos cáseos situados na região do terço inicial do corpo da serpente. A amostra do material (cáseos) foi colocada em recipiente esterilizado, identificado e enviado sob refrigeração para o Laboratório de Bacterioses do Hospital de Medicina Veterinária/UFBA, sendo isolada e identificada a bactéria M. morganii. No exame físico foi constatado um aumento de volume de consistência firme na região afetada. No exame radiográfico ainda foi observada uma lesão não invasiva com alteração da densidade radiológica, porém o exame citológico apresentou-se inconclusivo. O tratamento com Banamine® / flunixin meglumine (1mg/kg/SID) e Tetrabac® / oxitetraciclina (7mg/kg/SID) aplicados por via intramuscular mostrou-se satisfatório, de acordo com o acompanhamento clínico de dois meses pelos autores. O registro das espécies de microrganismos responsáveis por enfermidades bacterianas em serpentes, em conservação ex situ, comuns também aos humanos, é importante para a construção do perfil epidemiológico e a elaboração de protocolos com maiores cuidados preventivos na rotina clínica e manejo geral destes animais.

<<Ler na íntegra em PDF>>


..........................................................................


Informe Científico

Mal da Ronca em bovinos do Estado do Rio de Janeiro / Brasil

Antonio Peixoto Albernaz, Ricardo Benjamin Machado Alves, Leonardo Serafim da Silveira, Claudio Baptista de Carvalho, Eulogio Carlos Queiróz de Carvalho, Lerio Gama Sales, José Renato Junqueira Borges

São descritas as características, os exames laboratoriais (hematologia, bioquímica sérica, análises do solo, forragens e água e análise mineral) de diferentes tecidos em animais sadios e portadores do Mal da ronca, além do estudo anátomopatológico da doença permitindo denominar-se Síndrome Respiratória Ruidosa Bovina (SRRB) e a lesão nasal de Condrodistrofia Nasal Bovina (CNB).

<<Ler na íntegra em PDF>>

.......................................................................................................
Utilidades: Leitor de PDF - Modelo declaração COBEA - Cessão de Direitos
.......................................................................................................
Este periódico científico é filiado à ABEC - Associação Brasileira de Editores Científicos. Por sugestão desta asssociação, a periodicidade inicial será semestral, reduzindo-se gradativamente os intervalos de tempo entre as edições de acordo com o crescimento da publicação.(www.abecbrasil.org.br)